Governo Provincial da Lunda-Norte
Governo

SADC recomenda abertura de representação na UE


O encontro, realizado por vídeo-conferência, foi orientado a partir de Dar Es Sallam, capital da República Unida da Tanzânia, pela secretária executiva da organização, a tanzaniana Stergomena Lawrence Tax, como parte das medidas adoptadas pela Comunidade, para evitar a propagação do Covid-19 (novo coronavírus).



Após a vídeo-conferência, o secretário de Estado para as Relações Exteriores, Téte António, informou à imprensa, em Luanda, que a reunião recomendou a abertura de uma representação em Bruxelas, sede da UE, visto que a SADC não possui uma representação junto da União Europeia.  



 Segundo Téte António, a reunião analisou e subscreveu as recomendações dos ministros da Saúde da Comunidade, decididas em reunião extraordinária, bem como indicou a adopção de medidas para a prevenção do Covid-19.



Os ministros da SADC abordaram, igualmente, a questão da organização regional de Turismo (RETOSA), assim como recomendaram a sua revitalização.



Entre os temas analisados na sessão estão, igualmente, a candidatura africana para a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e a saúde financeira da Comunidade.



O secretário de Estado angolano sublinhou que por ser um encontro em circunstâncias especiais, devido a pandemia do Covid-19, não foi possível abordar mais temas nem aprofundar outros assuntos.



Acrescentou que outros assuntos serão abordados no encontro de ministros a ter lugar na Tanzânia, em Maio de 2020.



Angop



 



 



 


Galeria de Imagens